Manu Lafer

Músico e Compositor

Como Tu Ninguém

Como tu ninguém

Como Tu Ninguém, famously sung by Orlando Silva, is also the title of this album and almost replicates the title of his previous one, Someone Like You, which Manu dedicated to the lesser used parts of the American songbook. He follows suit in this one, this time recognizing the value of the history and eternal topicality of Brazilian radio.
To achieve this, he called Mateus Aleluia, from Cachoeira, in the Brazilian state of Bahia and who was a member of the legendary Tincoãs (who wrote João Gilberto’s rendition of Cordeiro de Nanã). Together, he and Manu proudly display rarities like singers Almirante, Jorge Veiga, Ciro Monteiro and Dick Farney, as well as composers like Ary Barroso, Wilson Batista and Geraldo Pereira, among others, with arrangements by Luiz Brasil and Alê Siqueira producing.
The recreation of rhythms that gave rise to the different kinds of samba fell to the atabaque drums of percussionist Gabi Guedes, in addition to the programming by keyboarder Mikael Mutti.
Rio de Janeiro is represented by the participation of singer and instrumentalist Mariana Bernardes, in Bruxinha de Pano and Que Culpa Tenho Eu?,, as well as singer Chico Aguiar (also known as Chico Médico [Doctor Chico]), who sings a “doctors’ duet” with Manu in the good-humored Fizeram Muamba.


Tracks

1. Até Quarta-Feira - (Geraldo Pereira, Jorge De Castro)

A Batucada Começou
Adeus, Adeus
Ó Minha Querida, Eu Vou
Não Tem Pra Que Você Chorar
Se Quarta-Feira Eu Tenho Que Voltar

Tenha Paciência
Sou Eu Que Marco A Cadência Da Bateria
Se Eu Faltar Fico Mal Com O Pessoal
Porque Eu Sou Diretor-Mestre De Harmonia


2. Trinta E Três - (Wilson Batista, Jorge De Castro)

Ai, Doutor, Eu Amei Demais
Ai, Doutor, Eu Sambei Demais
Elas Me Perseguem
E Eu Sou Rapaz
Diga Com Franqueza, Doutor
Se Eu Estou No Fim
Quando Chegar O Dia
Nenhuma, Nenhuma
Vai Chorar Por Mim

O Doutor Mandou Respirar
Mais Uma Vez E Dizer
Trinta E Três,
Trinta E Três,
Trinta E Três
Juro Por Deus
Que Se Dessa Eu Escapar
Nunca Mais Entro No Samba
E As Cabrochas Vão Suar Pra Me Apanhar


3. Barqueiro do São Francisco - (Alcir Pires Vermelho, Alberto Ribeiro)

Uma Canoa Vai, Correndo O Rio, Vai
Uma Canoa Vai, Correndo O Rio, Vai
Veio De Minas
Agora Atravessa A Bahia De Nosso Senhor
Leva O Barqueiro
Que Volta Pra Ver Seu Amor

Ô-Ô-Ô, Ô-Ô-Ô,
Cantando Ele Diz
São Francisco, Eu Sou Feliz
Ó Rio Do Meu País
Pois Vou Ver Meu Amor
Tão Longe A Me Esperar
Vou Ficar, Tu Vais Seguir
Correndo, Buscando O Mar


4. Mana Diodé - (Gastão Viana, João Da Baiana)

Mana Diodé
Você Vai No Candomblé
Quando For Chegando
Diz Agô Kalofé
Se Você Não For
Apanhar Com Pai Tomé
Seu Axé
Olha Diodé
Rolou Macoxi Eminimbé

Eu Fui Lá Num Pai De Santo
O Mais Velho Jogou Búzios
Eu Que Não Abuso
Vi Seu Nome No Alô
Eu Recebi Um Santo
Santo Que Não Era O Meu, Diodé


5. Bruxinha de Pano - (Vicente Paiva, Luiz Peixoto)

(Ela) Eu Vim À Festa Vê O Meu Correto (Ele) Sou Eu
(Ela) Botei Perfume De Patchuli
(Ele) Essa Neguinha Não Me Deixa Quieto
(Ela) Oxente, Tira A Mão Daí, Oxente (Ele) De Onde?
(Ela) Tira A Mão Daí, Oxente (Ele) Deixa Ficar
(Ela) Tira A Mão Daí
Nego Danado, Tu Não Me Arrespeita (Ele) Quem? Eu?
(Ela) Com Essas Parte Quer Me Moquiar (Ele) Nããão
(Ela) Tu Tá Pensando Que Eu Não Sou Direita?
(Ele) Oxente, Eu Quero É Casar, Oxente (Ela) É. Eu Sei!
(Ele) Eu Quero É Casar, Oxente, Eu Quero É Casar
Bruxinha De Pano, Quem É Que Te Quer?
(Ela) É Tu Meu Neguinho, Pra Sua Mulher
E Pra Dar Muitos Beijo E Fazer Cafuné
E Fazer Cosquinha Na Ponta Do Pé (Ele) Faz
(Ela) Pra Dar Muitos Beijo E Fazer Cafuné
E Fazer Cosquinha Bem Na Parma Do Pé (Ele) Gostei

(Ele) Quando Tu Fala Teus Beicinho Treme
Teu Corpo Bole Que É Uma Beleza
Tenho Vontade De Dizer Jo T’aime
(Ela) Ih, Oxente, Eu Não Sou Francesa! (Ele) Não?
(Ela) Oxente, Eu Não Sou Francesa! (Ele) Ixe!
(Ela) Oxente, Eu Não Sou Francesa!
(Ele) Vamos Deixar Dessa Conversa Fútis (Ela) Proquê?
(Ele) Vê Se Te Explica Porque Eu Tou Com Pressa (Ela) É Né?
(Ele) Deixa Que Eu Possa Te Oscular-Te A Cútis
(Ela) Ih, Oxente, Que Besteira É Essa?
Oxente , Que Besteira É Essa?
Oxente , Que Besteira É Essa?
(Ele) Bruxinha De Pano, Quem É Que Te Quer, Hein?
(Ela) É Tu Meu Neguinho, Pra Sua Mulherzinha (Ele) É Mesmo!
(Ela) E Pra Dar Muito Beijo E Fazer Cafuné
E Fazer Cosquinha Na Parma Do Pé (Ele) Pode Fazer
(Ela) E Pra Dar Muitos Beijo E Fazer Cafuné
E Fazer Cosquinha Bem Na Sola Do Pezinho


6. Como Tu Ninguém - (Georges Moran, Manoel Da Nóbrega)

Esta Saudade Que Mora Em Meu Peito
Faz A Minh’alma Chorar
Volta Pra Mim, Para O Lar
Que Foi Feito Só Para Te Abrigar

Como Tu Eu Jamais Encontrei
Quem Me Fizesse Tão Feliz
Como Tu Mais Ninguém Acharei
Meu Coração Assim Me Diz

Vamos Viver Nossas Vidas Iguais
Bocas Juntinhas, Unidas Demais
Como Tu, Eu Jamais Encontrei
Sem Ti, Querida, Morrerei


7. Rei Tin Tin - (Mathuzalém)

O Rei Tintin Querem Me Matar (2x)
Eu Sei Que Morro, Mas Não Vejo Meu Amor (2x)
Eu Vou Ver O Meu Amor Nanar (2x)

É Um Corre E Pega Lá Na Aboboseira
É Um Corre E Pega Que Não Tem Parar
Eu Tenho Pressa, Abra O Caminho
Não Vejo A Hora De Lhe Ver Chegar

Você Demora, Minha Mãe Tá Me Esperando
Corta O Tempo, Mata O Tempo, Quero Ver Naná (2x)

O Rei Tintin Querem Me Matar
Pelo Que É Meu, Pelo Cabedá (2x)


8. Fizeram Muamba - (Amado Alves)

Fizeram Muamba, Fizeram Magia
Tanta Bruxaria Para Me Matar
Mas Eu Estou Aqui Vivo E São
Graças À Proteção Do Meu Orixá
Até A Minha Nega, É, Ficou Maluca
E Eu Em Sinuca, Sem Jeito A Dar
Fui Então Num Pai De Santo
Pra Quebrar O Encanto
Pra Quebrar O Azar

Eu Fui Num Canto De Sabedoria
O Pai De Santo Me Deu Uma Guia
Aconselhou-Me A Usar
Um Patuá Feito Na Bahia

Agora Eu Sou Feliz
Agora Eu Vivo Em Paz
O Manu Lafer(Chicoaguiar) É Mesmo Quem Diz
Chico Aguiar (O Manu Lafer) Cada Vez Tem Mais Cartaz


9. Apanhei Um Resfriado - (Leonel Azevedo, Sá Roris)

Pelo Costume De Beber Gelado
Apanhei Um Resfriado Que Foi Um Horror
Porém, Com Medo De Fazer Despesa
Eu Com Franqueza Não Fui Ao Doutor
Pra Me Curar
E Tudo O Quanto Foram Me Ensinando
Eu Fui Tomando, E Cada Vez Pior
E Quem Quiser Que Siga O Tratamento
Pois Se Não Morrer Da Cura Ficará Melhor

Tomei De Tudo
Escalda-Pé, Chá De Limão, Até Xarope De Alcatrão
E Nada Me Faltou
Tive Dieta Só De Caldo De Galinha
O Galinheiro Da Vizinha Se Evaporou
E Tive Febre, Tive Tosse, Dor No Peito
E Até Fiquei Daquele Jeito, Sem Poder Falar
Mandei Chamar Então Um Especialista
Que Pediu Dinheiro À Vista Pra Poder Me Visitar
No Bangalô, Porém, Choveu A Noite Inteira
E Eu Debaixo Da Goteira, Sem Ninguém Saber
A Ventania Arrancou Zinco Do Telhado
E Me Deixou Todo Molhado Quase Pra Morrer
Sá Guilhermina Quis Me Dar Um Lenitivo,
Então Me Fez Um Curativo, E Fiquei Jururu
E Foi Chamado Finalmente Um Sacerdote
Pra Me Encomendar Um Lote De Dez Palmos No Caju


10. Que Culpa Tenho Eu - (Arnô Canegal)

Que Culpa Tenho Eu Da Minha Cor?
Que Mal Há Nisso Quando Existe Amor?
Zombam De Mim Sem Razão
Mas Eu Gosto Dela
Não Ligo, Não
Que Culpa Ela Tem De Ser Assim
Moreninha E Maluquinha Por Mim?

Preconceito Não Põe Mesa
E Eu Digo Com Certeza
Que Não Inclui A Minha Cor
Não Há Nada Nessa Vida
E Nem Mesmo A Intriga
Não Desfaz O Nosso Amor, Que Horror


11. Baile De Gala - (Roberto Martins)

Eu Vou Mandar Fazer Um Smoking Da Moda
Camisa De Seda E Uma Gravata Bordô
Eu Vou, Eu Vou, Eu Vou
Ao Baile De Gala Que O Tio Sam Preparou

Para Você Mandei Fazer Uma Baiana
Com As Cores Da Nossa Bandeira
Vamos Mostrar Que Somo Um País Mais Belo
Azul E Branco, Verde E Amarelo


12. Minha Homenagem - (Ciro Monteiro, Ari Monteiro)

Meu Coração Bate Tanto
Bate, Bate, Sem Parar
Por Causa De Uma Baiana
Que Eu Vi Se Requebrar
O Elevador Da Bahia
Sobe E Desce Sem Parar
Parece O Meu Coração
Com Vontade De Amar

Baianinha Feiticeira
Dê Um Sorriso Pra Mim, Sim?
Remexa Bem As Cadeiras
Pelo Senhor Do Bonfim
Com Seu Jeito Gracioso
Causa Em Mim Grande Aflição
Pois Maltrata Sem Ter Pena
O Meu Pobre Coração


13. É Tumba - (Domínio Público; Adaptação Por Almirante, C Anunciação, Baiaco)

Ê Tumba, Moleque Ê Tumba
Ê Tumba No Gemedor
Ê Tumba, Moleque Ê Tumba
Ê Tumba, É Sim, Senhor

Não Sei Se O Que Digo É Certo
Não Sei Se Isso Está Errado
Mesmo Assim Eu Vou Dizendo
Não Posso Ficar Calado
Uns Dizem Que O Tumba É Samba
Mas Não É Samba, Afinal?
De Longe O Tumba Parece
Com O Batalhão Naval

O Tumba Só Fica Bem
No Meio Da Batucada
O Coro Cantando É Tumba
Por Uma Gente Afinada
E Tudo Isso Na Cadência
Dando Uma Impressão Real
De Que Se Ouviu Ao Longe
Som De Um Batalhão Naval


14. Moleque Tumba - (Henrique De Almeida)

E Eu Tomava Umas E Outras Pra Firmar O Pé
Umas Três Com Goma, E Quatro Com Capilé

Na Praça Onze Quando A Roda Se Formava
Bom Crioulo Batucava E Era Só Nego Que Tombava
E As Cabrochas, Quase Todas De Baiana
Desfilavam Pela Praça Nos Três Dias Da Semana

E Ao Longe Se Escutava
Ê Tumba, Moleque, Ê Tumba
Ê Tumba, No Tumbador


15. Até Parece Que eu Sou da Bahia - (J Batista, Wilson Batista, Roberto Martins)

Depois Da Briga Ela Fez Um Cangerê Pra Mim
Meu Santo É Forte E O Feitiço Não Pegou
Até Parece Que Eu Sou Da Bahia
Até Parece Que Eu Sou De São Salvador

Eu Trago Um Breve Pendurado No Pescoço
E Uma Medalha Do Meu Santo Protetor
Até Parece Que Eu Sou Da Bahia
Até Parece Que Eu Sou De São Salvador

Tenho Uma Figa Pra Lidar Com Mau Olhado
E Um Patuá Que Tem Pra Mim Muito Valor
Até Parece Que Eu Sou Da Bahia
Até Parece Que Eu Sou De São Salvador

Mas O Feitiço Virou Contra O Feiticeiro
Tenho Dinheiro, Tenho Sorte E Tenho Amor
Até Parece Que Eu Sou Da Bahia
Até Parece Que Eu Sou De São Salvador



Where to find

Tratore Amazon Deezer Play-Store ITunes Spotify

Scroll Up