Manu Lafer

Músico e Compositor

Forrós Pé de Serra

Forrós Pé de Serra

Germano Mathias – conhecido como Catedrático do Samba e com seis décadas de carreira – gravou seu primeiro CD de forrós com Manu Lafer, com quem colabora desde o primeiro cd, Baião da Flor.
Pertencente à geração de cantores especializados em gênero ou repertório, Germano, um símbolo de São Paulo, da qual é seu maior cantor em atividade, resistiu o quanto pôde às solicitações do amigo para aventurar-se nesse ramo, mas finalmente mostrou o que denominou de Forrós Pé de Serra.
Os arranjos são de Luizinho Sete Cordas e a direção musical é de Marcelo Barro, percussionista, filho de Osvaldinho da Cuíca.
As músicas tem humor (Relabucho), amor (Rosa), violência (Mata Sete) e o sabor do nordeste (Serra da Coirana).


Faixas

1. Rosa - (Rui de Morais e Silva)

Rosa, rosa, vem ô rosa
Estou chamando por você
Eu vivo lhe procurando
E nem sinal de você (2x)

Rosa danada
Minha morena faceira,
Minha flor de quixabeira,
Não posso mais esperar
Fique sabendo, se casar com outro homem
O tinhoso me consome mas eu lhe meto o punhá (2x)

Comprei um papel florado
Um envelope pra mandar dizer
Numa carta bem escrita
O que sinto por você
A carta tá demorando
Porque não sei escrever

A coisa pior da vida é querer bem a mulher
A gente deita na rede imaginando por que é
Com tanta mulher no mundo
Só uma é que a gente quer


2. Serra da Coirana - (Onildo Almeida, Déo)

Capinheiro não me leve lá pra serra da coirana
Capinheiro, capinheiro, não me leve, não me leve
Lá pra serra da coirana

Lá na serra da coirana tem catinga de macaco
Tem cipó, rabo de rato, urtiga e tamiarana
A cobra caninana no meio da embaúba
Mata de maçaranduba, titico e suçuarana

E lá na serra da coirana tem jurema e pau pereira
Juazeiro e catingueira, sucupira e umburana
Tem coisa que admira, e faz medo ao caçador
E é por isso que eu não vou lá pra serra da coirana

E lá na serra da coirana tem bicho que arrepia
Tem coruja, tem cotia, tem jacu e mussurana
Tem coisa aqui pensando, lá não fica o caçador
É por isso que eu não vou lá pra serra da coirana

Capinheiro não me leve lá pra serra da coirana


3. Limoeiro Valentão - (Doutor Jerônimo)

Lá em limoeiro não tem jeito não
(lá em limoeiro não tem jeito não)

É se dando crime, se acabando valentão
(é se dando crime, se acabando valentão)

Mataram o dono do forró
E o nosso vereador
Morreu, mas também matou
Alemão, seu agressor


4. Pisa Maneiro - (Juvenal Lopes, Dilson Dória)

Pisa no chão, pisa maneiro
Quem não pode com a formiga
Não assanha formigueiro
Pisa maneiro, pisa devagar
Pisa de mansinho pra não assanhar
Pode pisar no chão (2x)

Eu vou falar da formiga, formiguinha
Formigueiro na cozinha só me faz é formigar
Formiga preta não é a sararazinha
É uma pequenininha
Morde e queima pra danar

Segura a língua
Não deixa a língua embolar
Todo mundo se levanta
No balanço do ganzá
Olha o compasso menina não se embarace
Responder é muito fácil cuidado pra não errar

Cuidado pra não errar, oi, cuidado pra não errar (2x)


5. Nega da Muléstia - (Onildo Almeida)

Vou sambar a noite inteira com ela
Escondido do pai e da mãe dela (2x)

Escondido até dos irmãos dela
Vou sambar a noite inteira com ela

Tou de garrar essa nega na cintura
Empinada que nem uma tanajura
Ela fica danada pra saltar
E chega a dar trabalho pra parar
O nega da muléstia, olha lá
Cuidado pra não dar sururu
Sei que o velho, teu pai, não vai gostar
Se me ver agarrado com tu

Quando eu caio dentro do forró
Eu só paro se o fole parar
Mesmo assim e se o zabumba bater
Eu bisonho, eu sambo pra danar
Se der briga eu puxo da peixeira
Faço uma cruz de fogo no salão
Só respeito teu pai e tua mãe
E se não fizer confusão


6. Rela Bucho - (Elino Julião)

Aproveita o relabucho maricota venha cá
Você rela eu também relo, tu rela eu torno a relar (2x)

Chega pra cá, deixa de acanhamento
Quero seu consentimento, vamos vadiar
Já começo a me lembrar do tempo que eu era moço
Bote a mão no meu pescoço deixa o povo cochichar

Faça de conta que aqui não tem ninguém
Mas eu vou e você vem, mas não saia do lugar
Olha maricota que o tempo tá passando
Todo mundo tá relando, você fica sem relar

Precisa lhe adular, anda logo meu benzinho
Espia aquele velhinho, já começou a relar
Diz ele maracujá só é bom quando está murcho
Eu entro no relabucho, só deixo quando relar


7. Cuidado Constâncio - (Fogo Serrado, Genival Lacerda)

Constâncio, não se meta com anita
Essa nega é esquisita, que vieram me falar
Porque o ambiente ali não presta
É um chamego da muléstia
Só é bom pra quem é de lá

Desculpa eu me meter no seu assunto
Mas ali cheira a defunto, que vieram me falar
Malandro pra ficar ali por perto
Tem que entrar de olho aberto
Pisar no chão devagar (o que é que há)


8. Respeito no Pagode - (João Silva, José Pereira)

O meu pagode tem que ser bem respeitado, seu mané
Muito cuidado, todo mundo aqui tem mulher
Dance direito, dance bem distanciado, seu mané
Muito cuidado com o bucho no quicé

O senhor está se esfregando, se ajeitando, se arrumando
Se não quiser morrer, tome jeito e seja macho
Que eu só planto bananeira com interesse no cacho


9. Papelão do Ludogero - (Oscar Moss, Armon)

Que papelão que o ludogero fez comigo
Eu também fiz um papelão com ludogero
Que papelão que o Ludogero fez comigo
Eu fiquei aperreado e fiz outro com Ludogero

Eu fui dançar na trizidela na casa do seu tibério
Tava dançando com helena quando chegou Ludogero
Tu vai procurar outro par sujeito enxerido
Porque com helena eu não quero
Agora vejam isto no meio do povo
Eu fiquei apertadinho que nem um pinto no ovo
Mais era feio eu correr na frente da moça
O Ludugero bancou o valente
Eu tou cantando e ele tá no cemitério

Helena é linda pra daná
É a rainha da beleza
Dançava comigo por delicadeza
Vejam só que o rival do Ludugero é o armando
Mais eu é quem caiu no xilindró, na trizidela
Vendo o sol nascer quadrado
E armando quem casou com ela


10. Mata Sete - (Venâncio, Corumbá)

Os moradores do engenho mané pedro
Quase que morrem de medo quando ouviu falar
O mata sete fugiu da cadeia
A coisa tava feia naquele lugar
Foram falar com o simeão
Inspetor de quarteirão
Homem macho pra brigar

Daí fizeram uma tocaia pra pegar
O mata sete se viesse do engenho pra brigar

Mas o negócio é que o mata sete
Era de jogar confete e de fritar bolinho
Falava mansinho, não era de nada
Fugia da parada até com um sozinho
E o inspetor e o dono do engenho
Com todo o seu empenho pra mata sete pegar
O mata sete quando viu o inspetor
Falou fino, se pirou
Desapareceu de lá


11. O Balaieiro - (Buco do Pandeiro, Jackson do Pandeiro)

Lá em casa todo dia passa um balaieiro
Dizendo eu compro fiado, só vendo a dinheiro
Jabuticaba, pitomba, araçá
Pinha, jaracatiá, laranja, limão, caju
Olha o umbu para a umbuzada
Manga rosa, manga espada
Trapiá e guagiru

Olha o genipapo, jaca e o cajá
Mangaba, maracujá, saputi, melão croá
Oiti, coró, maçaranduba e ananás
Graviola e melancia
Olha o jambo do pará


12. O Grito do Balaieiro - (Guaracy do Pandeiro)

Parece mais um lamento
De um passarinho a cantar
A voz de um balaieiro quando começa a gritar

Olha a pitomba, laranja, maracujá
Vai gritando o balaieiro, jaca e o cajá (2x)

Tapioca, de côco
Miúdo, olhe o camarão
Pamonha de milho verde
Tá cheirando mungunzá
Cuscus de massa de milho
Macaxeira, olha o angu
Refresco de tamarindo
Castanha, côco e caju

Beiju feitinho no caco
Arroz doce, sururu
Torreiro, galinha gorda,
Olha o suco de caju (2x)


13. Visite o Terreiro/Tupinambá - (Edgar Ferreira, Italúcia)

Você vai à Bahia?
Visite o terreiro de Maria Orixalá
Leve incenso e cravo branco
Pra jogar no mar do encanto
Antes de desembarcar (mamãe!) (2x)

E na Bahia você vai ver como é
Que faz os irmãos de fé
Da grande lei de orixá
Você vai ver ogum baixar
Filho de santo você vai se tornar

Tava sentado na pedra fina
O rei dos índios veio me avisar
Tome um banho de rosas
Que aí vem gente
Pra lhe derrubar

Levei quatro velas brancas
Pra fazer meu cangerê
Saravei meu orixá
Para ele me ajudar
Falei com Tupinambá
Que é guia verdadeiro
Ele gira na mata e no terreiro

Saravá, meu saravá
Saravá, tupinambá (2X)

Aô tupinambá (4x)



Onde encontrar

Tratore Amazon Deezer Play-Store ITunes Spotify

Scroll Up